Instruções de coleta: Mulheres

HCG OU ” TESTE DE GRAVIDEZ”

A pesquisa do hormônio que se eleva tanto no sangue quanto na urina após o início da gravidez pode ser feita na primeira urina da manhã ou no sangue, em qualquer horário e sem jejum, respeitando-se a orientação do médico. Você deve saber que a pesquisa deste hormônio não é específica da gravidez e sua elevação também ocorre em outras situações clínicas. O laboratório deve ser informado sobre a data da última menstruação.

Exames pré-natais

Geralmente, confirmada uma gestação, começa o estudo de uma série de condições da mãe para que o médico possa prevenir danos ao bebê. Dentro deste estudo, podem ser solicitados, dentre outros exames: Hemograma (estudo de anemia e condição geral da mãe), glicemia de jejum (estudo de diabetes gestacional), Grupo Sangüíneo e Fator Rh (estudo da compatibilidade entre o sangue da mãe e do filho), VDRL, Anti-HIV, HbsAg, sorologia para Rubéola e Toxoplasmose (para prevenção de doenças transmissíveis da mãe para o filho). Para estes exames, há a necessidade de jejum de 8 horas. Caso não sejam feitos todos de uma vez, consulte o laboratório sobre o período de jejum adequado. O menu de exames do pré-natal inclui também o exame de urina rotina, que serve para verificar a existência de infecções urinárias durante a gravidez. Neste caso, o procedimento de coleta é igual ao de não grávidas.

Teste de O’Sullivan e Teste Oral de Tolerância à Glicose de Três Horas

Algumas vezes, a glicose de jejum no sangue da gestante pode se elevar devido a alterações do organismo ocorridas na gravidez. Para o estudo eficiente desta situação foi desenvolvido o Teste de O´Sullivan. A gestante não precisa estar em jejum, mas ingere uma quantidade de dextrose (açúcar) de 50g e, após uma hora, seu sangue é coletado. A glicose é dosada. Caso se mostre acima de 140mg/dL, o médico poderá solicitar outra prova: o Teste Oral de Tolerância à Glicose de 3 horas. Para o mesmo, a gestante deve estar em jejum de 8 horas e a prova tem a duração de 3 horas. Nos 3 dias anteriores ao exame, a dieta deve ser rica em açúcares (100 a 150g de carboidratos por dia), ou seja, a pessoa não deve estar fazendo “dieta” com poucas calorias. Não se deve fumar no dia da coleta.

Conteúdo vaginal

Nem toda secreção vaginal é anormal, cabendo ao médico decidir, pela presença de sintomas e por outras características, quais os estudos laboratoriais necessários. Geralmente, deverá ser coletada a secreção encontrada no fundo da vagina e, de preferência, a mulher não deve estar menstruada nem deve ter tido relações sexuais no dia anterior. Não devem ser realizadas duchas vaginais nem devem ser aplicados medicamentos locais, nem se deve fazer exame ginecológico ou ultra-som transvaginal nos dois dias antecedentes ao da coleta. Contudo, o banho normal pode ser tomado. Este material poderá ser coletado no laboratório ou pelo médico, em seu consultório. Informe-se.

Exame Papanicolau ou Citologia Vaginal (cervical)

Para a prevenção do câncer de colo de útero, todas as mulheres adultas devem realizar periodicamente o estudo das características das células deste local. O exame deve ser coletado pelo médico após a visualização do colo do útero. O material deve ser colocado em uma lâmina e esta em um frasco, que deverá conter um número e/ou o nome da paciente. Este mesmo número deverá estar no pedido médico. Em alguns casos, o próprio médico encaminha ao laboratório o material, em outros, a paciente deverá transportá-lo.

Estudo da fertilidade

Dentre os exames habitualmente solicitados para o estudo das funções reprodutivas da mulher estão o da Prolactina, o do LH (Hormônio Luteinizante), o do FSH (Hormônio Folículo Estimulante), o de Estrógenos e o da Progesterona. No caso da Prolactina, o exame deve ser coletado até as nove horas da manhã devido à influência do horário sobre os níveis deste hormônio. Da mesma forma, nas 24 horas antes da coleta não se deve fazer nenhum tipo de exercício, nem mesmo os habituais como caminhadas e relações sexuais, pois o exercício aumenta os níveis deste hormônio, sendo o exame coletado após 30 minutos de repouso no laboratório. Nas mulheres que menstruam, os exames geralmente devem ser realizados em determinada fase do ciclo menstrual, indicada pelo médico. Em qualquer caso, o laboratório deve ser informado sobre a data da última menstruação e sobre o uso de medicamentos (especialmente anticoncepcionais e hormônios).